Post Page Advertisement [Top]

FinançasOrganização

COMO MANTER AS CONTAS NO AZUL


    Controlar as despesas é possível, mas é preciso ter disciplina e atenção aos pequenos gastos diários.

    "No ano passado não deu, mas este ano vou juntar dinheiro para uma viagem, para trocar de carro ou simplesmente estudar. Basta cortar um gasto aqui, outro ali e tudo dará certo." Quem nunca fez promessas e não cumpriu, não é mesmo?

Em tempos de crise econômica e orçamento apertado, a desculpa ao desequilíbrio nas contas pode até justificar, mas o que resolve mesmo para uma folga nas finanças é disciplina e planejamento.

    O primeiro passo para organizar o orçamento apertado, a desculpa ao desequilíbrio nas contas pode até justificar, mas o que resolve mesmo para uma folga nas finanças é disciplina e planejamento.

    O primeiro passo para organizar o orçamento e planejar as compras é anotar ao longo de um mês inteiro tudo o que se gasta. O segundo é analisar tudo o que foi gasto e planejar o que vai ser comprado no mês seguinte, depois basta comparar mensalmente o que se planejou com o que foi realizado e assim fazer os ajustes necessários. É fundamental conhecer muito bem o que você quer controlar.

    Quando falamos em cortar despesa, a primeira sensação que vem é de dor, afinal, isto nos remete à ideia de que teremos de abrir mão ou nos privar de algo. É necessário avaliar os gastos e planejar as compras, algo que precisa de tempo para ser feito, mas que as pessoas não acham que é necessário desprender tanto assim, nessas ocasiões, é preciso começar pelo planejamento das compras.

    Quando há um tempo direcionado ao planejamento, ou seja, a decidir sobre quando, quanto e como gastar, é possível obter uma visão macro sobre a real necessidade de fazê-lo. Quando se raciocina antes em casa, com tempo e visão, colocando outras prioridades e planos de longo prazo, fica mais fácil abrir mão de gastos desnecessários. Por exemplo, se você definiu que é mais importante juntar dinheiro para comprar os presentes de natal ou fazer a viagem de férias, você já tem um destino para o dinheiro. Portanto, qualquer compra que não esteja no planejamento, você não vai porque já assumiu um compromisso maior com você mesmo.

    Há muitos motivos - econômicos, culturais e sociais - pelos quais as pessoas não conseguem mudar hábitos e comportamentos financeiros, os principais são: achar que tem conhecimento da real situação financeira, quando na verdade não o tem; não ter um método de controle eficaz e efetivo e desistir na primeira dificuldade.

Dicas para equilibrar melhor as economias:


  • Inicie agora mesmo sua mudança de hábitos e de comportamento financeiro - assim como uma dieta, não deixe para a próxima segunda feira;
  • Feche o bolso e a carteira deixando de lado as compras por impulso - planeje cada centavo que vai gastar a partir de agora;
  • Levante quais são as despesas e analise a situação financeira - pense o quanto deve cortar para conquistar o resultado desejado;
  • Faça um acompanhamento - tire sempre o extrato bancário semanalmente;
  • Tenha uma meta - se tiver dívidas, seja no banco, com parentes ou do cartão de crédito, estipule uma data para quitá-las;
  • Ganhe "massa magra", começando a guardar um valor por mês - mesmo que sejam R$10,00.







Bottom Ad [Post Page]